Por que as coisas parecem ser tão difíceis se na verdade não são?

Por que as coisas parecem ser tão difíceis se na verdade não são?

Por que a maioria das pessoas transforma uma única dificuldade em algo tão intransponível que mesmo que houvesse vários braços oferecendo suporte e sustentação, ainda assim essa pessoa não conseguiria transpor o obstáculo?

E se todos fossemos pessoas sem “pré-deduções” sobre o grau de dificuldade de cada situação?

E se pudéssemos, ao invés de olhar com olhos de quem está amedrontado, com a certeza de que não conseguirá resolver, entendermos que resolver aquela questão nos é tão fácil e natural quanto nos é acordar, abrir nossos olhos, respirar e pensar?

Já nascemos com esses talentos aflorados em nosso consciente. Segundos depois que saímos da barriga de nossa mãe e já não nos sentimos protegidos e alimentados pela bolsa amniótica, todos nós, salvas exceções provocadas por algum mal, todos nós já abrimos os olhos e no mínimo já emitimos um leve gritar, acompanhado por movimentos respiratórios.

E então, o que nos leva a transformar toda essa tão especial qualificação em limitações?

Pense um pouco, recorde que o primeiro sentimento que recebeu de alguém foi o amor incondicional de sua mãe.

Esse sentimento chegou naturalmente, sem cobranças, inebriado em êxtase e doçura…tão disponível e tão forte…capaz de transpor todos os tipos de entraves, impedimentos ou resistência e te envolveu tão completamente que parece inacreditável que, no desenvolvimento de sua trajetória, tenha trocado tudo isso por dúvidas, interrogações, medos e incertezas.

É chegado o momento de acordar em você o há de melhor…
É chegado o momento de ancorar definitivamente a Essência Divina que traz em seu coração…

É chegado o momento de se perceber feliz e absolutamente capaz…

Pare…leia com atenção…deixe a mensagem percorrer toda essa Essência Divina ativando todos os seus Mistérios…sinta o Amor Divino borbulhando em todo o seu ser…seja feliz!!!

28 MAI 2017 – 12hs34min

Deixe uma resposta