Lógica ou Emoção

Lógica ou Emoção

Se assim fosse…se tivéssemos que decidir entre aplicarmos a lógica ou aplicarmos a emoção como seriam, então, os resultados das nossas atitudes?

Se por um lado pensássemos apenas com a razão, com os dados que pudessem ser medidos e apurados, ou com as informações que podem ser palpáveis ou vistas, onde estaria então os atos de gentileza, a emoção e aquele brilho no olhar que nos enche de alegria e coragem para continuar?

Aí você me diz: bom, isso deve ser melhor do que fazer todas as suas coisas apenas considerando a sua emoção, sem dados analíticos, sem métricas, sem exatidão, somente sentimentos e intuição – e eu também te pergunto: será que esse é o caminho?

Por facilidade e até comodidade (aí já estamos falando de emoção combinada e exatidão) o homem determinou que cada assunto que se lhe apresenta para a sua compreensão deve ser repartido por tempos, temas, titularidade, e daí o estuda em separado.

Imagine agora que você não recebesse a capacidade natural de movimentar suas pernas e que tivesse que aprender esse movimento (considerando que todas as pessoas não saberiam andar) …imagine agora que seus braços se movimentassem e que tivessem força suficiente para lhe erguer e suportar todo o seu peso…continue pensando como faria para andar, se nunca antes tivesse visto uma pessoa andando.

Agora você tem a sua mente, consegue pensar e também tem seus braços que se movimentam, que podem sustentar todo o seu corpo, e alguém lhe diz que lá à frente tem um importante objeto informativo que lhe permitirá se elevar além do “chão” onde imagina estar estagnado, movendo-se a partir daí com graça, leveza, e muita força.

O que você faria?

Te permito agora um momento de reflexão. Pare, realmente, de fazer essa leitura, e busque em você a resposta ideal para essa situação. Compreenda que essa indagação não é uma hipótese, é uma metáfora da sua realidade. Consegue?

Já pensou? Quanto tempo você entende ser preciso para começar a andar?

Se você é uma pessoa dotada de inteligência, capaz de pensar e se já tem braços que se movimentam e que lhe sustentam…quanto tempo se faz necessário para você sair andando para a vida?

Se você ainda não encontrou a resposta então faça um exercício agora:

– Se posicione em algum lugar confortável e fique como se não houvesse nenhum movimento em suas pernas…fique assim até sentir fome, vontade de realizar suas necessidades biológicas, sono, desconforto, seja lá o que for que acontecer primeiro;

– No momento que essa primeira sensação aparecer comece verdadeiramente a pensar…saiba nessa hora que você não sabe andar e precisa sair do lugar onde está;

– Não tem ninguém ao seu lado que possa lhe oferecer algo para comer, ou que o leve ao banheiro, que o coloque na cama ou então estique as suas pernas te oferecendo conforto e descanso;

– TUDO TEM QUE SER RESOLVIDO APENAS POR VOCÊ…

Uma pergunta: você usaria a lógica, os fatos que a ciência já catalogou ou você utilizaria seus sentimentos e suas percepções.

Talvez um te fizesse ver que se braços se movem e te obedecem, pernas também hão de fazer o mesmo…

Talvez outro te permitisse observar que folhas e flores se movimentam em busca da luz, animais partem em busca de alimentos, as sementes são levadas ao vento, misturadas e muitas vezes, sem que o homem se dê conta, novas espécies são geradas…

E VOCÊ, O QUE FAZ COM A SUA VIDA?

PERMANECE PRESO NO MESMO LUGAR PORQUE NÃO APRENDEU COMO ANDAR?

OU COMEÇA MOVIMENTANDO OS BRAÇOS, TALVEZ CHACOALHANDO O TRONCO, ABAIXANDO E LEVANTANDO-O EM MOVIMENTOS DE DESCOBERTA DOS RESULTADOS QUE PODE CONSEGUIR?

E SE TAMBÉM PUDESSE AO MESMO TEMPO SE UTILIZAR DE OBJETOS E UTENSÍLIOS QUE ESTIVESSEM PRÓXIMOS A VOCÊ PARA APOIO E TENTATIVA DE SE LEVANTAR?

Assim é a sua vida hoje, pense nisso:

– Você pensa

– Todo o seu corpo é formado para te ajudar

– A natureza está a sua disposição – ela é a sua casa

E VOCÊ, VOCÊ ANDA RUMO A SUA EVOLUÇÃO?

OU VOCÊ ESTÁ A ESPERA DE UM MILAGRE QUE TE ERGA DESSA PLATAFORMA ONDE SE ASSENTOU E TE LEVE PARA UM NOVO ESTADO?

A SUA CAPACIDADE DE PENSAR É COMO AS SUAS PERNAR QUE PODEM ANDAR, JÁ QUE SEUS BRAÇOS SE MOVIMENTAM, MAS PARA ISSO SE FAZ NECESSÁRIO QUE VOCÊ APLIQUE A SUA MELHOR CAAPACIDADE… É PRECISO QUE VOCÊ SE UTILIZE DO SEU POTENCIAL…. É PRECISO QUE VOCÊ APRENDA A RECONHECER O QUE O HOMEM JÁ DESCOBRIU E É IMPORTANTE TAMBÉM QUE VOCÊ ATIVE EM SUA MEMÓRIA, QUE TRÁS CONSIGO, O RESULTADO DO QUE JÁ VIVENCIOU.

QUANDO APRENDER QUE LÓGICA E EMOÇÃO SE EQUILIBRAM, CONSEGUIRÁ ANDAR E TERÁ RESULTADOS POSITIVOS E PERPÉTUOS.

Diva Barbosa

24 MAI 2017 – 6hs33min A.M.

 

Deixe uma resposta